Translate

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Senado aprova Marco Civil da Internet

A toque de caixa, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (22), o Marco Civil da Internet e o projeto segue agora para sanção presidencial. Mesmo com o esforço da oposição para ganhar tempo e discutir ajustes no projeto aprovado na Câmara dos Deputados há menos de um mês, a base aliada se impôs à minoria. Com a aprovação, a presidente Dilma Rousseff terá a chance de apresentar o marco regulatório no Net Mundial, evento internacional que trata da governança da internet.

A votação foi marcada até por bate-boca em plenário entre o petista Lindbergh Farias (RJ) e o presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG). No calor da discussão sobre a inversão de pauta, o senador Mário Couto (PSDB-PA) saiu em defesa do colega tucano e teve de ser apartado pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

A oposição argumentou que era preciso aprimorar o projeto e que aprová-lo de maneira açodada serviria apenas para que o Palácio do Planalto tivesse algo a apresentar no evento internacional de amanhã, em São Paulo. "Temos de votar hoje para a presidente Dilma apresentar um troféu?", questionou o líder do DEM, Agripino Maia (RN).

Os oposicionistas chegaram a pedir um mês para analisar o projeto, que hoje passou pelo crivo das Comissões de Constituição e Justiça e Ciência e Tecnologia. Os senadores alegaram que a Câmara teve três anos para discutir a proposta e que o Senado estava sendo "atropelado". "O Senado não pode se consolidar como chancelaria da Câmara e do Executivo", definiu o senador tucano Álvaro Dias (PR).

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, disse que a oposição apoia o projeto aprovado na Câmara, mas defendeu o direito dos senadores de aprofundar a proposta. "Mais uma vez a maioria desta Casa se curva ao Palácio do Planalto", afirmou.

Sob pressão do Planalto, os aliados sustentaram que o projeto é uma demanda da sociedade e que a Câmara já produziu um projeto equilibrado. Não houve alteração no texto aprovado em 25 de março pelos deputados. Pouco antes do início da sessão, manifestantes da rede Avaaz apresentaram uma petição com 350 mil assinaturas virtuais de apoio ao Marco Civil.

Fonte: Agência Estado

Polícia Federal: edital de agente em junho



Fernando Cezar Alves

A Polícia Federal tem pressa em realizar o concurso público para o preenchimento de 600 vagas para o cargo de agente, autorizado em 26 de março pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). De acordo com informações obtidas junto aos responsáveis pelo setor de concursos da instituição, o edital já está pronto. Porém, sua publicação ainda depende da escolha da empresa ou fundação organizadora,que está em andamento. A previsão é de que seja anunciada em meados de maio, para que o órgão possa seguir o cronograma preliminar, já estipulado. Desta forma,  o edital deverá ser publicado em junho, com aplicação das provas em agosto.
Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial da categoria é de R$ 7.887,33, incluindo o salário de R$ 7.514,33 e auxílio alimentação de R$ 373, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. 
Os responsáveis pelo setor de concursos explicam que, uma vez pronto, o edital poderia ser liberado logo após a escolha da organizadora. Porém, entre estes procedimentos existe um trâmite burocrático, uma vez que a banca precisa passar por consultoria jurídica do Ministério da Justiça. Este procedimento também foi realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em seu concurso para agentes administrativos, quando o Ministério acabou solicitando alterações nas propostas apresentadas pelas interessadas antes da publicação do edital.
De acordo com a autorização do MPOG, a PF tem um prazo de até seis meses para a liberação do edital, com limite em 26 de setembro. Porém, a intenção é agilizar todos os procedimentos do concurso, para que os aprovados já possam ser nomeados no início de 2015.

Fies receberá crédito extraordinário de R$ 4,9 bilhões do governo

Em Brasília
O governo federal abriu R$ 5,1 bilhões de crédito extraordinário em favor do Ministério da Defesa e de operações de crédito no âmbito do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). A decisão consta da Medida Provisória 642, editada com data de 17 de abril e publicada nesta terça-feira, 22, no DOU (Diário Oficial da União).
A maior parte do recurso é destinada à concessão de financiamentos do Fies, num total de R$ 4,9 bilhões. O restante, R$ 200 mil, será aplicado no apoio logístico do Ministério da Defesa às Forças de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro.

Financiamento universitário

O Fies oferece cobertura de até 100% do valor da mensalidade, com juros de 3,4% ao ano. O contratante só começa a quitar o financiamento 18 meses depois de formado.
No ano passado, foram formalizados 556,5 mil contratos, informou o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Desde 2010, foram firmados mais de 1,16 milhão de contratos.
Fonte: BOL Notícias

terça-feira, 22 de abril de 2014

Além de realização profissional, escolha de carreira deve considerar mercado

Na opinião de especialistas, decisão deve equilibrar interesses pessoais e outros fatores, como salário e oferta de empregos

Antes das provas de conhecimento específico, optar por um curso é a primeira pergunta difícil de todo vestibulando. Definir a carreira é uma questão de múltipla escolha em um ambiente marcado pela crescente diversidade de profissões. Para especialistas, a decisão deve equilibrar afinidades e projeções de mercado, como o salário e a oferta de empregos.

"Uma das maiores dificuldades que (os jovens) costumam apresentar é não conseguir resistir às pressões familiares", alerta Maria da Luz Calegari, autora do livro Temperamento e Carreira. De acordo com ela, a melhor saída é optar por uma carreira que traga realização pessoal. "Ao longo do tempo, as profissões mudam, se transformam, evoluem, se desdobram em outras", diz.

A psicóloga Regina Gattas ressalta que é preciso levar em conta a remuneração da carreira pretendida. "Cada um deve se perguntar: quanto quero e preciso para viver?", afirma. "Mas o dinheiro não é tudo", adverte. Segundo Regina, outro passo importante é pesquisar e imaginar as possibilidades de atuação dentro de cada campo de trabalho.
Seis dicas para escolher a carreira:

- Livros, revistas e sites especializados, além de guias das universidades, podem dar outras perspectivas sobre a carreira;

- Projetos práticos na escola e atividades extracurriculares são uma boa maneira de iniciar o contato com a carreira pretendida;

- Buscar um psicólogo ou especialista pode ser útil. Falar com parentes, amigos e profissionais da área também ajuda;

- Gostos e hobbies indicam a sua praia - Exatas, Biológicas ou Humanas. Mas cuidado: lazer e trabalho são bem diferentes;

- Além das afinidades, é preciso avaliar o mercado. Salário e possibilidades de emprego são importantes para a escolha;

- Para quem está em uma carreira e pretende trocar, não vale ter medo. Mas a mudança deve ser decidida com calma.

Fonte: estadao.br.msn.com

PM/PB: concurso está previsto para sair até o dia 30



Fernando Cezar Alves


A Polícia Militar da Paraíba (PM-PB) está fazendo os últimos ajustes no edital do seu concurso público. De acordo com o presidente da comissão responsável, coronel Marcos Alexandre Sobreira, a publicação estava prevista para ocorrer na primeira quinzena de abril. Porém, alguns pontos ainda estão sendo definidos, incluindo o cronograma, que está sendo analisado juntamente com a organizadora, que é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). “Estamos concluindo os preparativos. Mas o edital certamente será divulgado ainda este mês. No mais tardar, a publicação ocorrerá até o próximo dia 30”, afirmou.
A oferta será de 600 vagas, sendo 540 para soldados e 60 para bombeiros. Para concorrer será necessário possuir ensino médio completo, mas ainda está sendo definida a altura mínima necessária para o ingresso, bem com idade. A remuneração, tanto para soldado quanto para bombeiro, será de R$ 2.500.
As vagas serão para as cidades de João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos e Cajazeiras.
O concurso será composto de cinco etapas, incluindo exame intelectual, exames de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica e análise de conduta. A primeira contará com caráter classificatório e eliminatório e as demais, apenas eliminatórias. Os exames serão os mesmos para as duas opções, exceto o teste de aptidão física, que contará com atividades específicas.
Normalmente, as disciplinas cobradas nas provas objetivas são língua portuguesa, matemática, informática básica, atualidades, conhecimentos gerais do estado da Paraíba e noções de direito.
Fonte: jcconcursos.bol.uol.com.br

Eleições não impedem realização de concursos



Fernando Cezar Alves


A lei 9.504/97, que determina os procedimentos para as eleições, também conhecida como Lei Eleitoral, costuma gerar polêmicas e dúvidas entre quem pretende ingressar no funcionalismo público. O motivo é o inciso V do artigo 73, que diz o seguinte: “Fica proibido nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e ainda, ex ofício, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunstância do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade do pleno direito”.
Com isto, muitas pessoas acreditam que fica terminantemente proibida a realização de concursos no período eleitoral, o que não é verdade. A lei especifica que somente poderão ser nomeados, dentro do período eleitoral, ou seja, a partir de três meses antes do primeiro turno e até a posse dos eleitos, aprovados em concursos homologados até antes do início deste prazo.
Acontece que a lei determina algumas ressalvas, que incluem nomeações em cargos comissionados, em cargos do Judiciário, Ministério Público, tribunais, conselhos de contas e órgãos da presidência da República; nomeação de aprovados em concursos homologados até o início daquele prazo; e nomeação ou contratação necessária à instalação ou funcionamento de serviços públicos essenciais.  

Doenças nos olhos são silenciosas; faça o teste e veja se precisa se cuidar

Cármen Guaresemin
Do UOL, em São Paulo

Síndrome do Olho Seco surge por questões ambientais como exposição à fumaça (cigarro e poluição do ar), ficar muito tempo em locais com ar-condicionado, clima seco e uso excessivo de computador
Cerca de 40% da população brasileira acima dos 60 anos de idade, mesmo sem predisposição, pode desenvolver doenças nos olhos. Os números são do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.  Mas não são só idosos que sofrem com problemas oculares. Os mais comuns vão desde a Síndrome do Olho Seco até doenças como o glaucoma que, se não forem diagnosticadas e tratadas adequadamente, podem até causar cegueira.  

Algumas causam desconforto e outras são silenciosas e perigosas, mas a maioria das doenças pode ser resolvida se o problema for identificado logo no início. Assim, a melhor prevenção é a consulta periódica ao oftalmologista e nunca se automedicar ou comprar óculos sem receita.

"Há uma série de doenças nos olhos que não dão sintomas. O ideal é ir a uma consulta na qual o médico irá medir a pressão dos olhos e fazer um mapeamento da retina", afirma o oftalmologista Francisco Max Damico, do Hospital Sírio e Libanês, de São Paulo.


VACINAÇÃO CONTRA GRIPE COMEÇA HOJE E INCLUI MAIOR NÚMERO DE CRIANÇAS

Começa hoje (22) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Este ano, a imunização deve atingir mais crianças do que em anos anteriores, já que a faixa etária definida pelo Ministério da Saúde foi ampliada. Com a nova regra, crianças de seis meses a menos de cinco anos poderão ser vacinadas. No ano passado, apenas crianças com até dois anos podiam receber a vacina.

Representantes do governo acreditam que a ampliação dessa faixa etária vai beneficiar tanto as crianças quanto outros grupos vulneráveis, como menores de seis meses de idade que ainda são amamentados, idosos e pessoas com doenças crônicas.

A campanha continua até 9 de maio e a meta do governo é vacinar pelo menos 80% do público, que representa 49,6 milhões de crianças. A vacina também será disponibilizada para grupos considerados mais vulneráveis à gripe, como as pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mães até 45 dias após o parto, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

O Ministério da Saúde ainda incluiu pessoas que têm doenças crônicas não transmissíveis ou que estão em condições clínicas especiais, mas não definiu uma meta a ser atingida nesses casos. Essas pessoas terão que apresentar prescrição médica no ato da vacinação

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), e o governo brasileiro se baseia em estudos que apontam que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

De acordo com o ministério, serão distribuídos 53,5 milhões de doses da vacina, capazes de proteger pessoa de três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). O material será distribuído para 65 mil postos de vacinação e 240 mil pessoas estarão envolvidas na imunização.

Para os locais de mais difícil acesso, o governo anunciou que vai disponibilizar 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

O tema deste ano será Vacinação contra a Gripe: Você Não Pode Faltar, e a campanha será veiculada na TV, no rádio, na mídia impressa e internet, com custo total de R$ 14 milhões.


Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 21 de abril de 2014

MEC já tem data para Enem 2014

O Ministério da Educação (MEC), já tem uma data provável para o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem: dias 8 e 9 de novembro.

Como nos anos anteriores, este ano a prova também será mais tarde em virtude das eleições.

A data ainda não está confirmada, mas o MEC informou que antes das eleições não há como planejar um exame deste porte em menos tempo que o habitual.

Ano passado, foram 7,1 milhões de inscritos. 

O Enem é critério para bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Financiamento Estudantil (Fies). 

Além de servir como certificação do ensino médio e para a participação do programa Ciência sem Fronteiras.

Fonte: Pajeú da Gente

domingo, 20 de abril de 2014

ÍCONES DA MÚSICA BRASILEIRA: ROBERTO CARLOS

No outono de 1941, no dia 19 de abril, nascia em Cachoeiro de Itapemirim, pequena cidade no interior do Espírito Santo, o quarto filho do Sr. Robertino Braga e Dona Laura Moreira Braga.
Naquele dia, Norma, Lauro e Carlos Alberto ganhavam mais um irmão, o caçula Roberto Carlos.

Seu Robertino era o relojoeiro da pacata cidade e Dona Laura, costureira .
A família Braga morava no bairro do Recanto, numa casa modesta no alto de uma ladeira .

"Zunga" foi o apelido que Roberto recebeu ainda na infância. Era uma criança normal e alegre, que adorava descer de bicicleta a ladeira perto de sua casa, empinar pipa e jogar futebol. Acompanhado dos amigos, costumava banhar-se nas águas do Rio Itapemirim, onde, com o pai e os irmãos mais velhos, aprendeu a pescar. Com seis anos, Roberto foi matriculado no colégio de freiras Jesus Cristo Rei. Tempos depois, na Jovem Guarda, sua segunda professora do Cristo Rei, Irmã Fausta, lhe daria o medalhão que até hoje não tira do pescoço.

Roberto Carlos era uma criança calma e sonhadora, que passava horas ouvindo rádio, demonstrando muito interesse em música, aprendendo violão e piano -- a princípio com sua mãe e, depois, no Conservatório Musical de Cachoeiro .
Roberto Carlos gostava de cinema e era frequentador assíduo das matinês de domingo, divertia-se com as comédias e filmes de aventura e emocionava-se com os romances .
Sua verdadeira paixão, no entanto, era a música. Seu primeiro ídolo foi Bob Nelson, um artista brasileiro que vestia-se de caubói, cantava músicas "country" em português. Roberto gostava de cantar suas músicas.

sábado, 19 de abril de 2014

Aeronáutica abre seleção com 614 vagas para sargentos

Após ter aberto seleção com 80 vagas, a Aeronáutica lançou novo edital para o exame de admissão ao curso de formação de sargentos (modalidade B, turmas 1 e 2 de 2015). São oferecidas 614 vagas. Podem participar candidatos de ambos os sexos, que concluíram ou vão concluir o ensino médio, com idade entre 17 e 25 anos (até 31 de dezembro de 2015). As remunerações não foram divulgadas. As inscrições vão de 23 de abril até 26 de maio, pelo site http://www.eear.aer.mil.br. A taxa custa R$ 60.

As especialidades oferecidas apenas a homens são: mecânica de aeronaves, material bélico, e guarda e segurança. E as especialidades para ambos os sexos são: controle de tráfego aéreo (cargo detentor da maioria das chances, 192 delas), comunicações, foto-inteligência, eletricidade e instrumentos, equipamento de vôo, meteorologia, suprimento, informações aeronáuticas, desenho, estrutura e pintura, eletromecânica, metalurgia e bombeiro.

O certame será composto por provas escritas no dia 20 de julho, sobre as disciplinas de português, inglês, matemática e física. A serem realizadas em Brasília/DF, Belém/PA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Salvador/BA, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/BH, São Paulo/SP, São José dos Campos/SP, Campo Grande/MS, Porto Alegre/RS, Canoas/RS, Curitiba/PR, Manaus/AM e Porto Velho/RO. Haverá ainda inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica e teste de avaliação física.

O curso de formação será ministrado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá/SP. A duração aproximada é de dois anos. A formação nas especialidades do Curso de formação de sargentos é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) como curso técnico de nível médio.

No momento da matrícula, o candidato passa a ser aluno do curso de formação de sargentos, militar da ativa. Os formandos no curso serão distribuídos e classificados nas organizações militares do Comando da Aeronáutica, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

Fonte: DP/Pajeú da Gente

CNH Popular inscreve até a próxima segunda

Termina na próxima segunda-feira o prazo de inscrições para a edição 2014 do Programa Carteira de Habilitação Popular (CNH Popular). Este ano, o programa do Detran e da Secretaria das Cidades traz uma novidade pra quem está com o documento perto de perder a validade.

Também há vagas para a renovação da CHN, além da oferta da primeira habilitação, adição e classificação de categoria da carteira de motorista. As inscrições são feitas exclusivamente pelo site do Detran. As vagas são distribuídas igualmente entre a Região Metropolitana e o interior do estado.

Este ano também aumentam as chances de pessoas desempregadas serem selecionadas. Elas podem concorrer a uma das vagas independentemente do tempo de desemprego, quando antes era necessário estar desempregado há no mínimo um ano.

O novo formato do programa contempla os socioeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) com 5% das vagas, mesmo percentual que tem sido reservado, desde 2008, para egressos do sistema penitenciário.

Estudantes e pessoas de baixa renda continuam sendo alvos prioritários do Programa, sendo a eles destinadas 90% do total de vagas. 20% do total de vagas vão para os alunos matriculados no Ensino Fundamental ou Médio da Rede Pública do Estado de Pernambuco, incluindo aqueles que obtiverem melhor classificação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Pessoas beneficiadas por programas assistenciais como o Bolsa Família e o Chapéu de Palha têm direito a 25% das 18 mil vagas do CNH Popular.

Ao todo, vinte por cento das vagas serão preenchidas por candidatos à primeira habilitação; 10% serão voltadas para candidatos a Renovação da CNH, 15% serão destinadas aos candidatos à adição de categoria. A maior porcentagem, 55%, irá para os candidatos à mudança de categoria da CNH.

Fonte: Pajeú da Gente

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Ave que bota ovo azul está ameaçada de extinção


Ovos coloridos costumam ser vistos em algumas vitrines de bares e lanchonetes. Mas você sabia que existe um ovo naturalmente azul? O macuco, ave ameaçada de extinção que vive na Mata Atlântica, bota ovos de cor azul-esverdeada.
  • A espécie se parece com galinhas, mas é parente das emas
Valdir Gonçalves, funcionário da Reserva Natural Salto Morato, no Paraná, teve a sorte de encontrar um desses! Ele é azul para se confundir com as folhas secas do solo, onde a espécie os choca.
"Os ovos brancos seriam muito mais chamativos. A coloração verde-turquesa muda com o passar dos dias e eles ficam mais escuros", explica Marion Letícia da Silva, coordenadora de Áreas Protegidas da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.
Conheça o macuco
Cada ninhada tem seis ovos, em média. Os machos da espécie são quem chocam e protegem os ovos, além de cuidarem dos filhotes quando eles nascem. Ainda bebês, os  macucos ficam sob as asas do pai. Quando completam seis dias já conseguem subir em galhos de até um metro.

Os macucos se parecem com galinhas, mas não são parentes delas. "Estas aves têm as emas como primas mais próximas", conta Marion.
Por isso, e pelo fato de ser uma espécie quase extinta, é difícil encontrar uma ave como essa por aí.
Fonte: BOL

Serra: Prefeitura convoca aprovados no concurso público de 2013. Confira relação!

Clique aqui e veja relação do convocados

O Prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, editou portaria nesta quarta-feira (16) convocando os candidatos no Concurso Público 2013, aprovados nas Provas e Provas de Títulos.
Os aprovados devem comparecer a secretaria Municipal de Administração, na sede da Prefeitura Municipal para exame pré-admissional no prazo máximo de 15 dias, juntamente com os documentos solicitados conforme o edital.
O não comparecimento ou comparecimento sem a documentação exigida ou com a documentação incompleta, bem como o não cumprimento dos requisitos estabelecidos no Edital ou em qualquer norma interna da Prefeitura, impedirá a nomeação do candidato, a qualquer tempo, em decorrência do presente concurso, segundo nota.
Professor I e II: O Prefeito Luciano Duque homologou na tarde desta quarta-feira (16) o Concurso Público 2013 de Provas e Provas e Títulos referentes aos cargos de Professor I e II. O Concurso Público foi para provimento dos cargos de PROFESSOR I, PROFESSOR II (LÍNGUA PORTUGUESA), PROFESSOR II (MATEMATICA) e PROFESSOR II (EDUCAÇÃO FÍSICA).
Fonte: Nil Junior

CENSO ESCOLAR: Prazo para conferir dados da situação do aluno é 30 de abril

As escolas públicas e privadas de educação básica de todo o Brasil devem conferir entre 16 e 30 de abril a situação dos alunos (aprovação, reprovação e abandono) informada na segunda etapa do Censo Escolar 2013. Caso haja necessidade, os dados devem ser retificados. O prazo também é uma oportunidade para que as escolas que ainda não concluíram o preenchimento da situação do aluno possam encaminhar as informações.
A primeira etapa do Censo Escolar, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), coleta dados sobre alunos, professores, turmas e escolas. A segunda fase verifica o que aconteceu com os alunos matriculados ao fim do ano letivo. 
“Entender esses eventos e monitorar o seu comportamento pode contribuir para que as escolas e os gestores de rede ampliem o conhecimento do resultado de suas práticas, a fim de ajustá-las e torná-las mais eficientes, sobretudo porque esses indicadores têm forte influência sobre a trajetória regular dos estudantes”, destaca Carlos Eduardo Moreno Sampaio, diretor de estatísticas educacionais do Inep.
Os dados da segunda etapa fazem parte do índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb), indicador referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Ministério da Educação. O Ideb será calculado este ano. Além disto, o governo federal utiliza o Censo Escolar para estabelecer políticas públicas para a educação básica, por ser um instrumento de coleta para um quadro completo sobre alunos, professores, turmas e escolas.
Para avaliar os dados informados e realizar alterações, caso necessário, basta entrar diretamente no módulo Situação do Aluno do Sistema Educacenso, no portal do Inep, e seguir as orientações: acesse a página do sistema; clique em autenticar; digite o CPF do usuário e a senha; clique na opção do menu [situação do Aluno – relatórios]; confira os dados; caso seja necessária correção, acesse a escola e clique em [início], no menu da [situação do aluno]. 
Se a escola estiver com o ano escolar encerrado no módulo [situação do aluno] e precisar de correção, basta acessar o Educacenso e, ao visualizar a lista de turmas, clicar em [retificar].


Fonte: Málcia Afonso/MEC